TOP 10 – Eles mudaram…

Muitos artistas tanto do mundo do Rock, como do Pop, ou do Reggae, ou da Bossa Nova ou do Hip-Hop, decidem inovar, deixar de lado os velhos costumes e mandar bala em novas produções. Vamo ver agora quem foram esses 10 artistas mais famosos que mais mudaram musicalmente e até fisicamente falando..

10. Nickelback

Falar que esses caras mudaram muito é heresia… tudo bem que o Chad Krueger cortou aquele miojo sabor talharin maldito da cabeça dele e parou de usar aquelas roupas dos anos 70 de “legalizem a maconha… aproveitem e legalizem também a cocaína, o haxixe e o ópio”… mas musicalmente falando, o Nickelback no início de carreira tocava um som mais voltado pro Grunge e pro Hard Rock. Hoje eles decidiram fazer diferente, conseguindo o impossível: juntar músicas bonitinhas e calmas com um Super-Heavy-Fuckin’-Plus-Master-Advanced-Thrash-Heavy-Fuckin’Fuckin’-Fuckin’-Premium Metal em um único álbum. E também não é só o estilo das músicas que são diferentes – as letras também são BEM diferentes. A prova está no último álbum Dark Horse (2008); percebam a “leve diferença” entre as faixas “Never Gonna Be Alone” (http://letras.terra.com.br/nickelback/1374485/#traducao) e “Something in Your Mouth” (http://letras.terra.com.br/nickelback/1364444/#traducao).

9. Queen

 

Ah… Queen.. UI! Até fico toda arrepiada zentiiii… SIM! Queen! Uma das maiores bandas de todos os tempo passou por uma intensa fase de transição. No início da carreira, a banda liderada por Freddie Mercury adotava um estilo de rock muito mais progressivo e “hard” (como no primeiro álbum, Queen, de 1973) e com o passar dos anos foi inovando, e adotando um estilo mais “classic rock” (como no inigualável The Game, de 1980), com muito mais solos de piano de Freddie. O mais interessante é a mudança do “modelito” da banda, em especial ao do rei Mercury: do glamour e das roupinhas coladas para um estilo “macho boiola”, com uma tarântula pregada na cara. Antigo Queen ou novo Queen, tanto faz, não deixa de ser QUEEN!!!

8. Radiohead

 

O caso do Radiohead é um pouco mais engraçado: nos anos 90, a banda fundada por Thom Yorke misturava o que havia de mais cult na época com o que havia de mais esquisito, simplesmente casando o britpop do Reino Unido com o grunge americano. E é claro que numa briga mortal entre ingleses e americanos, uma banda que tentasse unir os dois seria apedrejada pela mídia. Em 1993, o Radiohead lança seu primeiro álbum, Pablo Honey, considerado, na minha sincera opinião, um marco positivo na história da música. Porém, o álbum foi tão mal recebido pelos críticos que o Radiohead decidiu mudar um pouco o estilo para sua obra seguinte, The Bends (1995), e continuou mudando a cada álbum, adicionando cada vez mais traços eletrônicos. Em 2011, o Radiohead lançou o The King of Limbs, com 8 faixas inteiramente eletrônicas.

7. Linkin Park

Considerada uma das melhores bandas da década de 2000, talvez ninguém consiga explicar uma mudança tão radical quanto á do Linkin Park. Logo no primeiro ano da década, a banda lança o sucesso Hybrid Theory (2000), com um Nu Metal que liderou jovens e mais jovens ao redor do mundo a adotarem o famoso estilo metaleiro-neo-emo-skatista-hardcore. Porém, DO NADA, inexplicavelmente, o Linkin Park trouxe para seus fãs o novo Minutes to Midnight (2007), voltado para o estilo alternativo. E em 2010, A Thousand Suns, com baladinhas eletrônicas e um rock mais diferenciado pelas faixas desse último álbum que foi um dos melhores do ano passado. Esteticamente, eles largaram os piercings e os cabelos coloridos (???)…

6. The Black Eyed Peas

PS.: este blog não tem a mínima intenção de ofender os fãs e ouvintes de Black Eyed Peas, mas hoje eles estão uma merda.🙂

Sim; do Hip-Hop para o Electro Dance. O problema, é que as novas músicas do Black Eyed Peas não são músicas, são apenas remanescentes auditivos da música futurista de vanguarda. Ou seja: barulhos sem o menor sentido. Se compararmos o Black Eyed Peas da época do cd Elephunk, que lançou hits como “Where Is the Love?”, “Hey Mama” e “Let’s Get It Started”, obras-primas do Hip-Hop moderno com as “músicas” do último álbum, The Beginning, certamente teremos um colapso mental. Mas faça isso se quiser, ouça “Where Is the Love?” e compare com a música “Don’t Stop the Party”, e veja que ao contrário do que a primeira música diz, o egoísmo pelo dinheiro os guiou ao caminho errado.

5. The Beatles

Do IÉ-IÉ-IÉ ao Folk, e do Folk ao Psicodélico. A maior banda de todos os tempos da última semana talvez tenha sido a que mudou mais vezes ao longo da carreira, tentando e tocando quase todos os estilos de rock existentes na época. Na fase IÉ-IÉ-IÉ, de 63 a 64, vai de Please Please Me até A Hard Day’s Night, entrando com Beatles for Sale até Rubber Soul na fase folk, e finalizando uma brisa dos infernos com Revolver até o final da carreira. Os garotos de Liverpool provaram ao mundo que é possível mudar e continuar o mesmo.

4. Bon Jovi

 

A banda de Hard Rock que conhecemos hoje nem sempre teve esse “visual machão”; se você notar bem na primeira foto, existe uma leve diferença entre o Bon Jovi da década de 80 e o de 2011. Sempre com músicas fantásticas, a banda de Jon Bon Jovi iniciou a carreira cantando um gênero bastante adotado na época, por bandas como Poison, Twisted Swister e Sweet chamado de Glam (literalmente de “glamour”). Mas após um maior amadurecimento, eles decidiram largar as calças coloridas e partir pra porrada nas músicas, com uma levada muito mais Hard misturada com um pouco de Country.

3. Avril Lavigne

De 2002 para 2011, bastante coisa mudou nessa jovem cantora. Com pouco mais de 17 anos, Avril gravou o primeiro disco em 2002, Let Go, e ficou conhecida como a rainha punk-emo. Com bastantes músicas pesadas em seu primeiro disco e uma personalidade marcante de pouca conversa, tudo mudou em 2006 após seu casamento com o guitarrista do Sum 41, Deryck Whibley. Após tal acontecimento, um buraco negro quase engolira o planeta Terra junto com todo Sistema Solar: Avril sorrira pela primeira vez. E de uma hora pra outra, decidiu ser design e abriu sua própria marca de roupas. Colocou uma mexa rosa no cabelo e no mesmo ano lançou o álbum The Best Damn Thing, com músicas muito mais pop’s e que marcava a morte de Emo Lavigne.

2. Michael Jackson

“Ah, Pedro Paulo, por que ele não está em primeiro?” Se estivéssemos falando apenas da aparência, Michael já teria ganhado o primeiro lugar e uma medalha comemorativa. É certo que MJ mudou drasticamente a aparência de uma forma nunca antes presenciada pelo homem, de negro para branco (pois sofria de vitiligo). Porém, olhemos para um passado distante, quando Michael Jackson ainda era negro e cantava músicas bonitinhas no Jackson 5, grupo formado por MJ e seus irmãos. Quando começou a fazer carreira solo, com apenas 13 anos lançou seu primeiro disco, Got to Be There, com músicas que seguiam a linha do Jackson 5, até alcançar o alge de sua carreira com o dance-pop, com álbuns como Off the Wall, Bad, e é claro, o disco mais vendido de todos os tempos, o super e aclamado Thriller.

1. Katy Hudson / Katy Perry

File:Katy Perry Teenage Dream alternate cover.jpg

Prepare-se, pois se você não sabia deste fato, sua vida mudará para sempre (ou não mudará absolutamente nada), mas Katy Perry, celebridade da música pop de hoje em dia seguia carreira como cantora gospel no início do século. Para provar isso, coloquei como imagens capas de dois discos de Katy, o primeiro de 2001, Katy Hudson, quando ainda usava seu nome de nascença (com músicas de rock cristão e gospel) e o segundo seu último disco, de 2010, Teenage Dream, que você já deve ter ouvido alguma música pertencente a ele em qualquer balada da vida. O mais intrigante, é como Katy deixou de ser uma “boa menina” para posar nua para a capa de seu próprio disco…O_o

Mudando ou não, o importante é inovar, sem desagradar maior parte dos fãs e é claro, agradando a si mesmo.

E por último, uma amostra digamos, do meio da carreira de Katy Perry, sem maquiagens e exageros, cantando sua música “Simple”, que fez parte da trilha sonora do filme “Quatro Amigas e um Jeans Viajante“:

Ufa… até mais! o/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s