Break Musical Awards

Ai meu Deus, 2011 está indo embora!! Se o seu ano foi uma bosta, o problema não é meu, mas se ele foi incrível, meus parabéns, porque na música foi um ano bastante produtivo e sensacional. E antes que você se empanturre de panetone ou de champagne, eu vou mostrar para você o que aconteceu na indústria musical em 2011, fugindo um pouco do mainstream. E pra isso, hoje vamos entregar o prêmio mais importante da música, que supera qualquer Grammy infeliz, que faz pessoas ao redor do mundo interromperem a final da copa para torcerem por seu artista preferido, que causa infartos momentâneos ou crises de stress, que é capaz de acabar com a fome no mundo de tanto dinheiro que move por ano… este é o motherfucking

Oh yeah baby, vamos premiar hoje os artistas que mais se destacaram em 2011, positivamente ou até mesmo negativamente, nas fuckin’ categorias Hip-Hop, Country, Jazz, Soul, Pop, Rock, Alternativo, Hard Rock/Metal e nacional, além dos prêmios-mor, que você verá adiante…

Então senta essa tua bunda gorda aí no sofá e tenha um pouco de paciência, porque este post demorou quase 3 semanas pra ser feito até ficar pronto.

MELHOR MÚSICA – HIP-HOP

  • “That’s My Bitch” – Jay-Z & Kanye West (feat. La Roux)

Uma combinação perfeita do hip-hop moderno com bastantes elementos do soul dos anos 60 e um ritmo africano ousado. “That’s My Bitch” foi lançada no álbum Watch the Throne, uma parceria entre Jay-Z e Kanye West. Não sei o por quê, a melhor música do disco não virou single e ainda não se tornou conhecida.

  • “Make Some Noise” – Beastie Boys
  • “So Hard” – Joell Ortiz (feat. Ana Yvette)
  • “That’s All She Wrote” – T.I. (feat. Eminem)
  • “Hard as They Come (Act I)” – CunningLynguists (feat. Freddie Gibbs)

MELHOR ÁLBUM – HIP-HOP

  • Hot Sauce Committee Part Two – Beastie Boys

Mais um álbum aclamado do Bestie Boys. Novamente, os caras respeitaram o estilo “Beastie Boys” de sempre; tempo e ritmo rápidos, rimas extremamente bem construídas, precisão métrica… MAGNÂNIMO. O mais engraçado é que nunca ouve a “Parte 1” do disco, já que esta não foi lançada…

  • Watch the Throne – Jay-Z & Kanye West
  • Oneirology – CunninLynguists
  • The Greatest Story Never Told – Saigon
  • King del Rap – Marracash

MELHOR ÁLBUM – COUNTRY

  • Four the Record – Miranda Lambert

Four the Record foi lançado no dia 1 de novembro. Apesar da voz irritante dessa mulher, Miranda conseguiu; fez o álbum country do ano, trabalho aclamado pela Allmusic. Destaque para o único single do disco lançado até agora, “Begagge Claim”.

  • Here for a Good Time – George Strait
  • Clancy’s Tavern – Toby Keith
  • Own the Night – Lady Antebellum
  • Speak Now World Tour – Live – Taylor Swift

MELHOR ÁLBUM – JAZZ

  • The Gate – Kurt Elling

The Gate é provocativo, chama a atenção, respeita o gênero. Sem dúvida o melhor “vocal jazz” do ano, com pianos muito bem trabalhados nas músicas. O álbum inclusive concorre em 2012 pelo melhor álbum de jazz no Grammy Awards.

MELHOR ÁLBUM – SOUL

  • 21 – Adele

Merecidamente, Adele chega à primeira posição do nosso soul com seu álbum 21. Aclamado pela crítica e pelo público, possui elementos desde pop e R&B até soul e jazz. Sem falar inclusive do sucesso de seus singles líderes, “Rolling in the Deep” e “Someone Like You”, alcançando a primeira posição em inúmeras listas britânicas e americanas.

  • Stone Rollin’ – Raphael Saadiq
  • The Road from Memphis – Booker T. Jones
  • The Love EP – Corinne Bailey Rae
  • LP1 – Joss Stone

MELHOR MÚSICA – POP

  • “Moves Like Jagger” – Maroon 5 (feat. Christina Aguilera)

Maroon 5 de voooolta com tudo! Pra críticos, amantes e odiadores, uma coisa é inegável: “Moves Like Jagger” sem dúvida é uma música com arranjos incríveis de guitarra, samplers, vocais, bateria, baixo… ou seja, inegavelmente, TUDO na música é bem construído e colocado na hora exata, criando um clima em que quando você ouve a música é impossível ficar parado. Christina Aguilera fez uma boa participação, mas poderia ter cantado mais no último refrão.

  • “Video Games” – Lana Del Rey
  • “Someone Like You” – Adele
  • “Paradise” – Coldplay
  • “Price Tag” – Jessie J (feat. B.o.B.)

MELHOR ÁLBUM – POP

  • House of Balloons – The Weeknd

R&B da melhor qualidade sem dúvida alguma. O primeiro disco (ou melhor, FITA CASSETE, ISSO MESMO, ESSE “DISCO” É NA VERDADE UMA FITA CASSETE) do The Weeknd retoma um pouco do chamado “R&B contemporâneo”. O álbum é uma viagem, músicas beeeem brizadas, onde a essência da música em si parece fazer efeito. Elementos de hip-hop, dance music e pop são bastantes presentes em House of Balloons.

  • Hands All Over – Maroon 5
  • Born to Die – Lana Del Rey
  • Christmas – Michael Bublé
  • Born This Way – Lady Gaga

MELHOR MÚSICA – ROCK

  • “Walk” – Foo Fighters

Dispensando apresentações, “Walk” se tornou um hit em 2011, resgatando na segunda metade do ano o rock que parecia morto no primeiro semestre. Sem falar que “Walk” é a música mais “foo fighters” do grupo, extremamente característica da banda, e ainda mais no meio de um álbum em que eles decidiram “inovar sem mudar”, o incrível Wasting Light.

  • “Somebody That I Used to Know” – Gotye (feat. Kimbra)
  • “Monarchy of Roses” – Red Hot Chili Peppers
  • “Every Teardrop Is a Waterfall” – Coldplay
  • “Adolescents” – Incubus

MELHOR ÁLBUM – ROCK

  • I’m With You – Red Hot Chili Peppers

Genial. Inovador. I’m With You foi sem dúvida uma das melhores coisas que aconteceram na década até agora, se não a melhor. O RCHP trabalhou cada faixa do álbum minuciosamente, mesclando o útil ao agradável. E é claro, destaque fenomenal para “Monarchy of Roses”, “Factory of Faith”, “Ethiopia” e “Look Around”, as quatro faixas que fizeram o disco.

  • Wasting Light – Foo Fighters
  • Collapse into Now – R.E.M.
  • Simple Math – Manchester Orchestra
  • Suck It and See – Arctic Monkeys

MELHOR MÚSICA – ALTERNATIVO

  • “You Are a Tourist” – Death Cab for Cutie

Do álbum Codes and Keys, experimentalismo narra a nova música do Death Cab for Cutie. E é sensacional; o ritmo da bateria no início já te induz pra uma longa e brisada viagem pela música. Vocais atenuantes, chamativos e relaxantes ao mesmo tempo. Um riff de guitarra orgasmático. Uma bela poesia no ar… aaahhhhh que delícia…

  • “This Is Why We Fight” – The Decemberists
  • “Pumped Up Kicks” – Foster the People
  • “Lotus Flower” – Radiohead
  • “The Bay” – Metronomy

MELHOR ÁLBUM – ALTERNATIVO

  • The English Riviera – Metronomy

Eeeehhhh… música eletrônica bonitinha vivaaaa… num mundo onde o Pitbull faz sucesso com a música eletrônica, o Metronomy chega chegando com o The English Riviera e prova que não é necessário falar sobre festas, vadias e curtição pra se fazer uma boa música eletrônica de qualidade.

  • The King of Limbs – Radiohead
  • Underneath the Pine – Toro Y Moi
  • Biophilia – Björk
  • The Whole Love – Wilco

MELHOR MÚSICA – HARD ROCK/METAL

  • “On the Backs of Angels” – Dream Theater

Mais uma vez o Dream Theater conseguiu escrever, tocar e exaltar o metal progressivo. “On the Backs of Angels” possui solos na medida certa, bridge com piano muito bem construído, teclados excrucitantes e uma bateria super apelativa acompanhando um baixo satânico dos inferno. Tudo na medida certa, sem mais nem menos. Ao longo da música você vai notando os altos e baixos que vão te induzindo através do som.

  • “Come On Get It” – Lenny Kravitz
  • “Rope” – Foo Fighters
  • “Autotunage” – Limp Bizkit
  • “Hate Train” – Metallica

MELHOR ÁLBUM – HARD ROCK/METAL

  • A Dramatic Turn of Events – Dream Theater

E como não poderia deixar de ser, o Dream Theater domina a nossa premiação na parte hard/metal. O novo álbum A Dramatic Turn of Events precisa ser ouvido diversas vezes para finalmente se captar o que a banda quis transmitir. Um dos melhores trabalhos já feitos pelo Dream Theater.

  • Green Naugahyde – Primus
  • Worship Music – Anthrax
  • Thirteen – Megadeth
  • Gold Cobra – Limp Bizkit

MELHOR MÚSICA – NACIONAL

  • “Não Existe Amor em SP” – Criolo

E o que acontece quando você junta o hip-hop com a bossa nova? Pois é, o Criolo Doido conseguiu esse feito em “Não Existe Amor em SP”, onde acordes de piano, violino e voz são extremamente bem trabalhados, rimas perfeitas e uma batida delirante na batera.

  • “Hits Me Like a Rock” – CSS
  • “Felicidade” – Marcelo Jeneci
  • “Sorrisos e Lágrimas” – Emicida
  • “Ainda Bem” – Marisa Monte

MELHOR ÁLBUM – NACIONAL

  • Nó na Orelha – Criolo

Esse Criolo é um safado; mal começou o seu trabalho profissional comercialmente falando e já produziu um disco memorável. Com músicas como “Grajauex”, “Não Existe Amor em SP” e “Subirusdoistiozin”, Nó na Orelha é sem dúvida o álbum do ano no Brasil, e quem sabe não persista no cargo até o final da década… hip-hop na veia e seguro com o Criolo Doido.

  • Alegria Compartilhada – Forfun
  • Doozicabraba e a Revolução Silenciosa – Emicida
  • Blunt Force Trauma – Cavalera Conspiracy
  • Aprendendo a Mentir – Selvagens à Procura da Lei

ARTISTA DO ANO – NACIONAL

  • Emicida

O fato é que 2011 foi o ano do hip-hop no Brasil. Acho que dos últimos 10 a 15 anos não vejo tantas músicas e discos de hip-hop tão bons nesse país como em 2011. Aproveitando a decaída do rock neste ano, o hip-hop veio com tudo com Emicida, Criolo e Projota. O “trio dinâmico” remontou o gênero no país desde o sucesso do MV Bill e Gabriel o Pensador. Criolo só não leva o título hoje porque, além de já ter ganhado demais, Emicida conseguiu com um simples EP emplacar na nossa lista dos melhores álbuns do ano.

  • Criolo
  • CSS
  • Marcelo Camelo
  • Jota Quest

CAGADA DO ANO

  • “Friday” – Rebecca Black

A mãe dessa menina devia ter vergonha não dela, mas de si mesma. Rebecca só gravou “Friday” pois é filha de burgueses playboyzinhos que tiveram dinheiro suficiente pra “encomendarem” um videoclipe pra filha, (aliás, não sei se o vídeo sem o áudio consegue ser pior que a própria música, difícil… O_o). Enfim, com dinheiro no bolso, Rebecca Sofrobullying Black conseguiu o que queria: realizar o sonho de ser uma cantora, usando tanto auto-tune em sua música que sua voz chega a ficar mais fanha do que o normal. Não é a cagada do ano, é a cagada da história, sem dúvida a maior decepção musical de todos os tempos. Mas lembre-se que as coisas podem melhorar, pois ontem foi quarta, hoje é quinta, e amanhã é…….

  • Clipe da música “Judas” – Lady Gaga
  • Show da Claudia Leitte no Rock In Rio
  • “Mama Eu” – Mc G7 & Mr. Catra
  • Lulu – Lou Reed feat. Metallica

PRÊMIO DERCY GONÇALVES DO ANO

  • New Order

Só pra esclarecer, o “Prêmio Dercy Golçalves do Ano” é dedicado àqueles artistas que estavam muito tempo em um período de hiato e voltaram à ativa recentemente ou àqueles que estam há séculos trabalhando duro e lançaram algo especial esse ano. No caso do New Order, a banda voltou a fazer shows esse ano depois de um longo período separados, mas ainda é muito difícil que os membros da banda voltem a gravar algo novo juntos por causa dos malditos negócios.

  • Blink-182
  • Roxette
  • Soundgarden
  • Duran Duran

MÚSICA DO ANO

  • “Rolling in the Deep” – Adele

Adele de novo em primeiro, agora com seu ultra-mega-fucking-mitológico single, “Rolling in the Deep”, a canção perfeita que consagrou a volta da soul music com tudo no ano de 2011. Um verso enigmático vai guiando o ouvinte até a hora do refrão, em que a voz de Adele se sobressai mais do que nunca, o potencial do vocal desta britânica é revelado com uma intensidade surpreendente. Sem falar que a canção fez o ano para Adele, e foi sem dúvida um sucesso comercial.

  • “The Cave” – Mumford & Sons
  • “Walk” – Foo Fighters
  • “Paradise” – Coldplay
  • “The Adventures of Rain Dance Maggie” – Red Hot Chili Peppers

VÍDEO DO ANO

  • “Rolling in the Deep” – Adele

Não só a música fez Adele uma estrela… o clipe de “Rolling in the Deep” é um dos mais impressionantes que eu já vi. Lançado em dezembro do ano passado, o clipe é dirigido por Sam Brown, e foi o responsável pelo ápice da carreira desta magnânima cantora.

  • “Walk” – Foo Fighters
  • “You Are a Tourist” – Death Cab for Cutie
  • “I Follow Rivers” – Lykke Li
  • “Under Cover of Darkness” – The Strokes

ÁLBUM DO ANO

  • Wasting Light – Foo Fighters

“Oh wait… se o I’m With You ficou na frente do Wasting Light na categoria de melhor álbum de rock, WTFH?”. Pois é, não é só a qualidade musical que conta nessa categoria, a importância e a comercialização do disco também contam. Nesses dois aspectos, Wasting Light leva a melhor sobre o disco dos Chili Peppers. Mas mesmo assim, Wasting Light, álbum gravado na garagem do Dave Grohl, é sem dúvida um dos melhores do Foo Fighters, é incrível sem mais nem menos, e canções como “Walk”, “Rope”, “Miss the Misery”, “Arlandria” e “Bridge Burning” fazem do disco uma maravilha.

  • I’m With You – Red Hot Chili Peppers
  • 21 – Adele
  • Hot Sauce Committee Part Two – Beastie Boys
  • Black and White America – Lenny Kravitz

ARTISTA DO ANO

  • Red Hot Chili Peppers

E é isso ai, o prêmio mais importante da noite vai para o Red Hot Chili Peppers. Fizemos uma votação especial no facebook pra decidir com incríveis 52 pessoas, onde dentre elas 23 escolheram os Chili Peppers pra levar esse prêmio. Sem dúvida, com I’m with You e a turnê que divulga o novo álbum mais as músicas antigas e clássicas com maestria, o RHCP leva merecidamente este prêmio. Eles devem estar chorando de emoção neste exato momento.

  • Adele
  • Coldplay
  • The Strokes
  • Foo Fighters

Depois de muito pagode, axé e funk carioca, eu me despeço cordialmente deste evento único na história musical. 2011 vai entrar para a história da música, tanto por ter sido um dos anos onde a música mais se transformou em comércio (infelizmente) quanto por terem sido realizadas coisas incríveis como não se via há pelo menos uns 10 anos. Álbuns, turnês, vídeos, músicas que forem lançados depois do dia 17 de dezembro (ou seja, hoje) contarão pro ano que vem. Ou não, dependendo da influência que tiverem no ano que vem. Mas whatever…

Deixo o tapete vermelho e digo um feliz natal e ano novo a todos!

o/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s