Apelo de Fim de Ano

Bom pessoa, o ano está chegando ao fim. E como a nossa tradição capitalista nos diz, é época de ganhar/dar presentes. Então, espero que todas as resenhas, notícias, vídeos, mafagafos e piadas feitas durante esse ano nesse blog tenham servido de ‘presente’ para você. Como presente, eu quero só pedir isso: Um iPhone 4, um helicóptero e uma réplica de um Tiranossauro Rex Que você compre um CD. Isso mesmo, que compre um CD.

E por que isso? Por dois simples motivos:

1-) Qualidade
Quando você adquire um CD, independente do seu gosto musical, é indiscutível que a qualidade do som que você escuta nele é maior do que num arquivo de música comum, como o mp3 e o WMA, ou no rádio, na TV e etc… Sons antes imperceptíveis, aquele instrumento no fundo, ou aquele backing vocal meio apagado se tornam claros a ponto de fazer muita diferença no resultado final. E essa discrepância ocorre principalmente por causa do apreço ao tamanho diminuto do arquivo digital em detrimento da qualidade. Por isso, tente ouvir do CD, que você sai ganhando. Agora, se você está se perguntando, “E como faço para ouvir com essa qualidade no meu iPod?”, a resposta é simples. Lossless Audio Codec.

Hein? Que porta é essa?
O Lossless Audio Codec é uma tecnologia que permite gravar toda essa qualidade do CD num arquivo digital. Esse arquivo digital pode vir com o nome de FLAC (Free Lossless Audio Codec), ALAC (Apple Lossless Audio Codec, mas gravado em arquivo m4a), entre outros. Ok, o custo dessa qualidade superior implica em arquivos muito maiores que o de um mp3 comum, mas isso não deve ser problema para uma época onde a capacidade de armazenamento dos tocadores de áudio ultrapassam fácil a marca dos 16, 32 gigabytes. Para uma pessoa que usa um iPod, por exemplo, fazer esse processo de conversão do áudio de um CD em arquivo de altíssima qualidade é muito simples. É só a pessoa colocar para converter o CD em formato no “Codificador Apple Lossless” no iTunes e pronto. Para quem não tem iPod, cada vez mais dispositivos de áudio tem aceitado o FLAC… então todos saem ganhando.😀

2-) A Descoberta
Hoje em dia, cada vez mais pessoas baixam música online. Legalmente ou ilegalmente, mas baixam cada vez mais. E com isso, um novo perfil de ouvinte de música surgiu, que só conhece os hits do álbum e desconhecem todo o resto. Nada contra os hits, mas isso é ruim para o ouvinte e para o artista

É ruim para ouvinte, porque ele evita conhecer toda a genialidade e potencial de um artista, além dos hits (e videoclipes, claro). Aquela faixa legal, mas que não faz muito a cara do artista, ou o termo (não tão correto hoje em dia), o “Lado B” do CD, não chegam aos seus ouvidos pelo simples fato de o ouvinte se atrelar a apenas as músicas mais comercias e famosas. E posso parecer uma mamãe chata falando pro filho quando não quer comer uma comida diferente mas… Ele não sabe o que está perdendo. E às vezes, perde muita coisa boa, diferente e impressionante, vai por mim. Então, do as I do,  e vá para uma loja de CDs passar horas conhecendo as obras de várias bandas, e saia com pelo menos um CD na mão… você vai sair ganhando, te prometo.

Agora, é ruim para o artista, pois teoricamente, ele ganha menos dinheiro com as vendas e tem o seu mérito como artista, intérprete, pensador e arranjador ofuscados pela característica de “hitmaker”. E por que isso? Porque o trabalho que o músico teve em organizar o álbum, seja na ordem das músicas, no sentido complementar de uma música a outra e até na arte da capa e do “livrozinho” que vem junto, entre outros aspectos, se perdem. Triste, pois às vezes aquele detalhe que falta para você realmente entender uma  música está contida exatamente nas outras faixas do álbum.

Então… é isso. O recado foi dado. Boas Festas para você, obrigado por ler os nossos artigos (temos métodos para saber a frequência de cliques) e espero que você ganhe um CD de presente. É um dos melhores que existem. Claro, só não é melhor que uma réplica de um Tiranossauro Rex.

Farows Cambada! Muito Obrigado! =D

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s