TOP 10 – Os 10 melhores hinos nacionais

Em clima de olimpíadas decidi fazer um post bem nacionalista, então não importa se você é africano, americano, europeu, asiático ou oceânico, se você não é alienígena e consegue entender português, este post é universal! Selecionei hoje os 10 melhores hinos nacionais pra comemorar os Jogos Olímpicos de Londres, levando em consideração apenas a melodia de cada um, mas comentando e falando sobre a história lírica de cada, pois não entendo porcaria nenhuma de curdo ou esloveno. Sim, cheguei a ouvir e conhecer sobre mais de 150 pokémons hinos, mas alguns outros 100 não deu tempo pois eu já estava ficando louco. Whatever, desculpe-me Ilhas Cayman e Zimbábue, mas vocês já estão automaticamente fora da disputa.

10. Grécia

E pra começar a lista, por que não os inventores dos Jogos Olímpicos? Trata-se de um hino que narra a libertação das terras gregas das mãos dos otomanos em 1821. O “Imnos is tin Eleftherian” (“Hino à Liberdade”) foi composto por Dionysios Solomós e Nikolos Montzaros, e é também usado pelo Chipre.

9. Senegal

Um hino que infelizmente eu não tenho muitas informações sobre. Bem, mesmo assim, foi escrito por Léopold Sédar Senghor e Herbert Pepper, e só foi adotado em 1960. O nome do hino é “Pincez Tous vos Koras, Frappez les Baffons” (do francês “Arranque suas Koras, Ataque os Balafons”).

8. Itália

Um dos hinos nacionais mais famosos do mundo, o hino italiano (“Il Canto degli Italiani“, “O Canto dos Italianos”) foi adotado “COINCIDENTEMENTE” após a Segunda Guerra Mundial… por que será hein? Acho que deve ser porque eles queriam apagar o hino fascista que muitos cantavam aos brandos, mas só acho. Composto por Goffredo Mameli e Michele Novaro, esse canto é bastante conhecido nos circuitos de Fórmula 1 com as inúmeras vitórias da Ferrari. MAMMA MIA!!

7. Colômbia

o “Himno Nacional de la Republica de Colombia” (dispensa tradução…) teve a letra feita por José Domingo Torres (um ator de Bogotá), que usou um poema escrito pelo então presidente quatro vezes, Rafael Núñez, em 1897, junto com Oreste Sindici, mas só adotado como hino em 1920. A musicalidade do hino reflete o heroísmo e poderia até ser usado como música-tema do Capitão América…

6. Mongólia

Um hino modesto mas que liricamente não tem nada de modéstia. Ao longo do século XX a Mongólia já teve 3 hinos nacionais diferentes. O segundo deles, “Mongol ulsyn töriin duulal” (“Hino Nacional da Mongólia”) foi criado por Luvsanjambyn Mördorj, Bilegiin Damdinsüren e Tsendiin Damdinsüren (que fez a letra do hino) em 1950 e usado até 1962. Porém, após a queda da União Soviética em 1991, o governo mongol voltou a usar esse hino nacional mas sem os versos que exaltavam Lenin, Stalin e os generais comunistas mongóis. Em 2006, o hino foi novamente adaptado, e a letra hoje homenageia Gengis Khan.

5. Alemanha

Um dos hinos nacionais mais aclamados e prestigiados do mundo. Talvez um dos pouquíssimos hinos além do brasileiro que você já ouviu e tem chance de reconhecer como o hino da Alemanha. Escrito por August Heinrich Hoffmann von Fallersleben in a long time ago in a galaxy far far away em 1841, “Das Lied der Deutschen” (“O Canto dos Alemães”) já passou por altos e baixos, foi símbolo nacionalista durante o Império Alemão, ganhou a condição de hino nacional durante a República de Weimar, adaptações durante o Terceiro Reich Nazista, exclusão como hino em 1949 pela Alemanha Ocidental e retomada em 1952 e, após a reunificação alemã em 1991, finalmente colocado em seu devido lugar pelo parlamento.

4. Brasil

Oh, pátria amada, idolatrada, salve salve! Uma das poucas coisas que me faz ter orgulho de ser brasileiro, nosso “Hino Nacional Brasileiro” foi composto por Francisco Manuel da Silva em 1822 (eh noix independente, wuhul!) e ganhou a letra em 1909 por Joaquim Osório Duque Estrada. Inicialmente, era um hino que exaltava a abdicação de Dom Pedo Pedro I, e na época da coroação do II o hino já era bastante popular e considerado hino nacional, porém não-oficial. A versão de Joaquim Estrada foi finalmente adotada como hino nacional, após pressão popular para cima do então presidente Deodoro da Fonseca, em 1890. Um dos poucos hinos que não segue um certo padrão rítmico e que foge da casualidade de uma progressão lenta do verso ao refrão, tendo diversas mudanças bruscas ao longo da composição. Um hino bipolar.

3. Tadjiquistão

Sim! Esse país que você nunca ouviu falar realmente tem um hino animal! E quando eu digo animal, digo que parece uma música de filme de guerra dos anos 50. A melodia do hino é o mesmo de quando o Tadjiquistão fazia parte da União Soviética. O “Surudi Milli” (“Hino Nacional do Tadjiquistão”) teve a melodia composta por Suleiman Yudakov e nova letra em 1991 por Gulnazar Keldi. Um verdadeiro hino de guerra com muito sangue e tátátátátááááááá. Medalha de bronze.

2. França

Medalha de prata muito mais do que merecida para a ilustre “La Marseillaise” (“A Marselhesa”), o hino nacional mais famoso e conhecido mundialmente. Hino utilizado pelos revolucionários durante a Revolução Francesa, exalta os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, slogan promovido pelos revoltosos contra o regime do rei Luis XVI. Essa marcha de Marselha foi composta por Claude Joseph Rouget de Lisle em 1792 e adotado pela Convenção Francesa como hino nacional em 1795.

1. Rússia

O “Hino Nacional da Federação Russa” (“Gimn Rossiyskoy Federatsii“) já foi adaptado liricamente pelo menos 20381743920 vezes até chegar na adaptação final do ano 2000 de Sergey Mikhalkov, mas que tem a melodia sendo a mesma desde 1939. Claro que com o Regime Soviético o país buscou uma nova parte lírica após a dissolução deste. Medalha de ouro pra esse país monstruosamente gigante, mas que tem um hino que tem no público russo uma recepção mista, mas que não há como negar: possui uma melodia extremamente bela.

É claro que aqui houve um certo princípio de imparcialidade, porque para mim de verdade o hino brasileiro dá um pau de 10 a 0 em todos. Mas é claro, o hino do seu país é sempre o melhor.

HAPPY HUNGER GAMES OLYMPICS!

Té mais!😀

47 thoughts on “TOP 10 – Os 10 melhores hinos nacionais

  1. Acho o hino de Portugal muito bonito também, mais que o França… Aliás, o da França não é um 1/5 do que falam, na minha opinião.

      • Hino do Brasil
        Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
        De um povo heroico o brado retumbante
        E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos
        Brilhou no céu da Pátria nesse instante

        Se o penhor dessa igualdade
        Conseguimos conquistar com braço forte
        Em teu seio, ó Liberdade
        Desafia o nosso peito a própria morte!

        Ó Pátria amada
        Idolatrada
        Salve! Salve!

        Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
        De amor e de esperança à terra desce
        Se em teu formoso céu, risonho e límpido
        A imagem do Cruzeiro resplandece

        Gigante pela própria natureza
        És belo, és forte, impávido colosso
        E o teu futuro espelha essa grandeza

        Terra adorada
        Entre outras mil
        És tu, Brasil
        Ó Pátria amada!

        Dos filhos deste solo és mãe gentil
        Pátria amada
        Brasil!

        II

        Deitado eternamente em berço esplêndido
        Ao som do mar e à luz do céu profundo
        Fulguras, ó Brasil, florão da América
        Iluminado ao sol do Novo Mundo!

        Do que a terra mais garrida
        Teus risonhos, lindos campos têm mais flores
        “Nossos bosques têm mais vida”
        “Nossa vida” no teu seio “mais amores”

        Ó Pátria amada
        Idolatrada
        Salve! Salve!

        Brasil, de amor eterno seja símbolo
        O lábaro que ostentas estrelado
        E diga o verde-louro desta flâmula
        – Paz no futuro e glória no passado

        Mas, se ergues da justiça a clava forte
        Verás que um filho teu não foge à luta
        Nem teme, quem te adora, a própria morte

        Terra adorada
        Entre outras mil
        És tu, Brasil
        Ó Pátria amada!

        Dos filhos deste solo és mãe gentil
        Pátria amada
        Brasil!

      • na minha opinião o hino português está no 5 ou 4 lugar com o hino que remonta a época dos descobrimentos:

        Heróis do mar, nobre povo,
        Nação valente, imortal,
        Levantai hoje de novo
        O esplendor de Portugal!
        Entre as brumas da memória,
        Ó Pátria sente-se a voz
        Dos teus egrégios avós,
        Que há-de guiar-te à vitória!

        Às armas, às armas!
        Sobre a terra, sobre o mar,
        Às armas, às armas!
        Pela Pátria lutar
        Contra os canhões marchar, marchar!

  2. Agora o da Rússia realmente é bonito, o melhor pra mim!

    1º Hino da Rússia
    2º Hino da Alemanha
    3º Hino do Brasil
    4º Hino da França
    5º Hino de Portugal

    • o hino de portugal pra mim realmente é lindíssimo, quando eu ouvi pensei em colocar, mas aí à medida que eu fui ouvindo uns hinos asiáticos e africanos foi caindo de posição até sair dos 10 melhores. O hino da coreia do sul também é sensacional e acabou ficando de fora da lista. valeu ai pelo comment, vida longa e próspera…

  3. Em termos de cabulosismo (virtuosismo no bom sentido) o hino do Brasil é o melhor, mas o do Tadjiquistão tem mais feeling!
    1º Tadjiquistão
    2º Brasil
    3º França

  4. Eia mal gosto ou falta de sinceridade. Não sejamos “patrioteiros” bocós. Sendo realmente imparcial e tendo bom senso não há como negar: Um bom hino tem que ter uma melodia linda, uma harmonia constante (o brasileiro não tem), uma letra bonita e compreensível além de simples (coisa que o brasileiro também não tem). Com estes quesitos fica fácil apontar hinos muito belos: dos EUA, da Espanha, França, Grã-Bretanha (da Inglaterra e da Escócia também), da Itália, Alemanha, Canadá, Nova Zelândia.

    Claro que o hino brasileiro também tem sua beleza, mas nada comparável aos citados acima.

    • Deve ser aqueles tiozão chato de churrasco (ou pra se transformar) pra falar tanta besteira kkk. Provou que não entende nada de música, melodia, nem de harmonia, e muito menos de brasileiro. Dá uma procurada no Google antes: “top ten national Athem” ou ” the most beautiful Athem” que você vai encontrar o hino do Brasil em várias listas top 10 internacionais.

      http://www.thetoptens.com/countries-best-national-anthems/

      Melodia bela, progressivamente perfeita, diferente dos outros hinos a letra lirica é romântica, considerada um belo poema pelos que entendem do assunto (letra ser compreensível e simples não é quesito de beleza). Ninguém tem mal gosto amigo, o hino não é só comparável mas como um dos mais belos do mundo.

      Mas se ainda não ta vendo sinceridade, vou ser bem sincero contigo A única coisa que mostrou é a quantidade de brasileiro com falta de auto-estima que desconfia até da qualidade do próprio hino. O triste pra maioria desses é precisar de uma confirmação internacional para apreciar, valorizar e cair ficha de tentar evitar depreciar o que não entende e de quem não entende. Bocó.

  5. e o hino do MEXICO, se vc ouvir o hino do MEXICO, ele gruda na sua cabeça
    tambem tem o de PORTUGAL e ESTADOS UNIDOS

  6. Assim…achei super legal este top 10 dos hinos até ver que você desclassificou o Hino de Portugal e contemplou o Hino do Tadjiquistão???, perdi a confiança…,

    • Com toda certeza. Considerando música *E* letra, meu top 3, nessa ordem: França, Itália e EUA. A Rússia estaria no top 3 não fosse a letra absolutamente sem graça. O Brasil, igualmente, desnecessariamente rebuscada a ponto de 99% dos brasileiros não entenderem a maioria das partes (enfim, um hino de um país fundado pela elite militar para a elite).

      Hino é como cachaça: tem que ser bom, bonito, acessível a todos, ter tradição, ser facilmente compreendido e apreciado até pelo mais humilde dos cidadãos, encharcar o olho mas descer suave, e, finalmente, evocar o sentimento de pertencer a uma região geográfica.

      Ainda sinto um pequeno arrepio quando escuto a mudança magistral na melodia com o a letra da música nas seguintes partes:

      “Entendez vous dans nos campagnes…
      Mugir ces feroces soldats?
      Ils viennent jusque dans vos bras
      Égorger vos fils vos compagnes
      Marchons Marchons
      Q’un sang impur
      Abreuve nos silons”

      E o italiano:

      “S’è cinta la testa
      Dov’è la vittoria”

      • o de Portugal é na minha opinião e não estou a ser patriota é em 4 ou 3 lugar e tem uma letra lindíssima remontada aos descobrimentos aviso no hino não tem alguns dos versos aqui postos:
        Heróis do mar, nobre povo,
        Nação valente, imortal,
        Levantai hoje de novo
        O esplendor de Portugal!
        Entre as brumas da memória,
        Ó Pátria sente-se a voz
        Dos teus egrégios avós,
        Que há-de guiar-te à vitória!

        Às armas, às armas!
        Sobre a terra, sobre o mar,
        Às armas, às armas!
        Pela Pátria lutar
        Contra os canhões marchar, marchar!

        Desfralda a invicta Bandeira,
        À luz viva do teu céu!
        Brade a Europa à terra inteira:
        Portugal não pereceu
        Beija o solo teu jucundo
        O Oceano, a rugir d’amor,
        E teu braço vencedor
        Deu mundos novos ao Mundo!

        Às armas, às armas!
        Sobre a terra, sobre o mar,
        Às armas, às armas!
        Pela Pátria lutar
        Contra os canhões marchar, marchar!

  7. O do tardjiquistão é mesmo brutal.
    E o de Portugal é considerado um dos mais bonitos do mundo, mas levando em consideração a unidade da melodia com a poesia. (E é considerado um dos mais violentos também).

  8. Por favor Luiz, falar que o Hino Brasileiro não tem harmonia constante, melodia linda. Ele pode não ter uma letra muito compreensivo para os brasileiros de hoje que são em termos analfabetos. Mas a letra do Hino Brasileiro é linda e eu compreendo claramente ela. Gostaria que todos os brasileiros compreendessem nosso Hino para ver sua riqueza. A melodia do nosso Hino é espetacular. Me desculpe, mas não concordo com você.

  9. O Hino Brasileiro é lindíssimo, porém ainda prefiro o belo hino da independência, acredito que a melodia é bem melhor.

  10. O Brasil é o melhor! Eu considero o meu Brasil, amo o meu Brasil. É o país mais rico de natureza e isso também diz a composição. O ritmo sem igual. Para mim é o primeiro.

  11. eu penso q o hino do Brasil deve ser analisado por pessoas de outros paises, vc ñ pode analisar seu próprio hino, é claro q um brasileiro vai achar o do Brasil bonito né
    mesma coisa de perguntar pra um ingles qual ele acha, ele vai dizer q é o ingles
    e assim por diante, o povo de um país ñ deve analisar o próprio hino por conta disso

  12. Bem, como é muito pessoal escolhi os meus três preferidos. É difícil, pois são hinos compostos em épocas distintas, fatos históricos que ocorreram e motivaram ou não a composição e adoção de seus hinos. Acho que para criticar tem que conhecer primeiro um pouquinho da história de cada país em questão. Minha opinião.
    Achei sua lista excelente, mas se fosse TOP 13 ou 15, colocaria o Português o Americano e o Inglês.
    Meus TOP 3:
    1 França
    2) Itália
    3) Brasil

    Valeu!

  13. ouvindo o hino do Tadjiquistão já da vontade de pegar as armas e partir para a batalha mesmo sem saber onde é o país e muito menos a guerra.

  14. Só vejo viadinhos puxa saco de russo, quando na verdade, o hino russo, nem é nada demais.. ainda continuo preferindo o PÁTRIA AMADA IDOLATRADA!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s