A nova cena black

Neste universo da música comercial moderna, uma corrente musical está recriando o jazz dos anos 30 e 40, com diversos elementos do hip hop e do neosoul. Esta corrente vem sendo representada por diversas mulheres negras, que com uma reformulação daquele soul clássico estão trazendo novos componentes ao estilo. Estamos vivendo uma nova era da black music!

Se o hip hop já teve o seu auge especialmente nos anos 90, é hora agora de dar espaço ao jazz reformulado. E isso parece não passar despercebido por essas novas artistas. Iyeoka Okoawo, a americana filha de nigerianos, que era farmacêutica antes de entrar para o mundo da música, parece estar até ressuscitando Nina Simone e dando uma versão mais século XXI à cantora na canção “Simply Falling”:

Mas uma artista que encarna ainda mais o espírito do jazz dos 40 é a somali Noora Noor. Seu álbum Soul Deep, lançado em 2009, traz muito bem o jazz para os dias atuais. Confere aí a “Forget What I Said”:

E para aqueles fanáticos pelo Massive Attack e seu trip hop, a cantora britânica Skye Edwards mescla elementos do jazz e da música alternativa junto a um downtempo para criar uma atmosfera relaxante sem cair na monotonia. Uma sacada genial. É só fechar os olhos e sentir a viagem vindo em “Not Broken”:

Agora, se você acha que trip hop não foi o suficiente, que tal FOLK junto com SOUL??? Pois é, essa experiência um tanto quanto excêntrica é muito bem executada pela francesa Imany, trazendo um ritmo bem moderno na sua canção “You Will Never Know”. Lembra bastante o country americano mas com aquele “requinte” do soul, né?

Agora, pra encerrar essa seleção maravilhosa de meu deus, a que eu achei mais impressionante. Mapei é uma cantora sueco-americana e na sua masterpiece “Don’t Wait” ela mescla o hip hop soul a, pasmem, samples de funk carioca! Isso mesmo. E o melhor de tudo, é uma combinação perfeita, bicho. A forma como os samples aparecem na hora mais perfeita ao final de 4 em 4 compassos, junto com a maravilhosa voz dessa cantora, criam uma música enérgica e bem viva. Confere aí!

A nova cena soul da black music já vem se desenhando há algum tempo, mas está começando a ganhar mais espaço agora. Dificilmente essas artistas farão um sucesso maior devido às dificuldades presentes na indústria musical de hoje em dia com relação a esse tipo de música, mas já se percebe uma movimentação maior para readaptações da soul music com artistas, como por exemplo, Emile Sandé. Bom, se você conhece mais dessas artistas fantásticas da black music, manda aí nos comentários!

Até a próxima! o/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s